IPBES Pollinator Report published

ipbes_pollinator_reportFoi publicado a primeira avaliação completa pelo IPBES sobre o a importância da polinização. O estudo faz parte das avaliações temáticas na primeira agenda de trabalho. Este processo para informar sobre as tendências e as ações necessárias para a governança ambiental global, se fundamenta nas descobertas científicas do Millennium Ecosystem Assessment de 2005 e é orientado pelo trabalho e as experiências do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas).

Nesta publicação, semelhante ao capítulo teórico 3c sobre Cenários e Modelagem, são reportado 23 mensagens chave para os tomadores de decisão, entre eles:

  1. Animal pollination plays a vital role as a regulating ecosystem service in nature.ipbes_pollination_report_americas
  2. More than three quarters of the leading types of global food crops rely to some extent on animal pollination for yield and/or quality.
  3. Given that pollinator-dependent crops rely on animal pollination to varying degrees, it is estimated that 5-8 per cent of current global crop production, with an annual market value of $235 billion-$577 billion (in 2015, United States dollars1) worldwide, is directly attributable to animal pollination.
  4. The importance of animal pollination varies substantially among crops, and therefore among regional crop economies.
  5. Pollinator-dependent food products are important contributors to healthy human diets and nutrition.

 

São explicados de forma simples e com fundação em estudos científicos publicados 1) os principais valores 2) o estado e tendências e 3) causadores (“drivers”) destas mudanças. Depois se detalham como pode-se transformar em políticas nos níveis nacional e local, e onde achar as principais fontes científicas na avaliação.

A publicação completa pode ser acessada pela página do IPBES aqui:

Deliverable 3(a): Thematic assessment of pollinators, pollination and food production

ipbes_value_pollination_world

O valor da polinização para a agricultura, e subsequentemente para a saúde humana pode ser quantificado em valores monetários. Conforme mostra este gráfico do estudo publicado pelo IPBES, a dependência em diferentes regiões mundiais é diferente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s